Beber bem + comer bem = viver bem...
Ver TODAS as fotos por esse mosaico Clique aqui .





Clique nas fotos para ampliá-las

sábado, 12 de fevereiro de 2011

Carpaccio



O carpaccio foi criado no bar Harry em veneza, onde foi servido em 1950 para a condessa Amalia Nani Mocenigo, porque ela informou ao dono do bar que o médico havia recomendado que ela comesse carne crua. O dono, Giuseppe cipriani, criou essas fatias de carne fina com molho de mostarda e nomeou de carpaccio fazendo referencia ao pintor veneziano Vittore Carpaccio, porque as cores do prato lembravam suas pinturas.


Eu conheci o carpaccio a 17 anos atrás, quando eu tinha 19 anos rsrs...  Amei... paixão a primeira vista... ou a primeira mordida!! Bom... eu sempre amei carne crua... eu até ja postei aqui uma receita de kibe cru sem triguilho com bastante carninha. Sempre comprei carpaccio pronto e temperava a gosto, desta vez resolvi arriscar e fazer tudo.                                        
Compre um pedaço grande de lagarto, tempere com sal, pimenta do reino e azeite e grelhe rapidamente.
Guarde no congelador. Depois de congelado corte fatias finas de 3mm com uma serra de pão grande. Parece dificil cortar mas é só fazer movimentos longos com a faca.
Para o tempero, em uma tijelinha coloque duas colheres de sopa de mostrada dijon, pimenta do reino, sal, 1 colher de sopa de vinagre e umas 6 colheres de sopa de azeite, sempre misturando e acrescentando aos poucos.  Sirva com carpaccio e acrescente um pouco de alacaparras e um pouco mais de azeite!!